segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Sonia Pallone



O Gosto do Beijo

“...Quem sabe o gosto de um beijo desesperado?
Não aquele da cama,
na hora em que a loucura do prazer deixa marcas...
Nem aquele, que apesar de louco,
sabe que vai ter tempo pra continuar
e dar mais um e mais outro...
Eu falo daquele beijo,
que o desejo faz queimar antes de sentir...
Que você antevê com os olhos antes de alcançar a boca...
Daquele que você sabe que não vai poder dar
porque aquela boca é sua,
mas o tempo daquele beijo não é...
Daquele beijo que a letra da música canta
e você fecha os olhos, oferece e sente...
Falo daquele beijo
que o desejo faz querer mais que temer o medo...
Do beijo que arrebatou o único momento possível
e na eternidade desse instante a sós,
implode com raiva, com fúria,
salgado de lágrimas,
amargo de sofreguidão, doce de paixão...
Um beijo desesperado sim,
porque nasceu da vontade do impossível
e deixou para sempre a boca molhada
e ávido o coração..."

Sonia Pallone

http://www.solidaodealma2.blogspot.com/

sábado, 27 de agosto de 2011